Variedades Femininas

Aqui se fala do universo feminino

ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO

em 13 de setembro de 2010

Conquistar o estado de bem-estar e qualidade de vida em todas as dimensões é esforço diário do todos nós. Essa busca perpassa, dentre outros, pelo ambiente de trabalho, convívio familiar e a saúde numa perspectiva biopsicossocial.

O trabalho deveria ser fonte de prazer, satisfação e realização e, no entanto, há quem se queixe das condições de trabalho, da competitividade excessiva entre os colegas e até dos atos abusivos de gestão.

O assédio moral, também conhecido como hostilização do trabalho ou violência moral e psicológica do trabalho é tão antigo quanto a própria divisão do trabalho. Inicia-se com a negação da existência da diversidade, no momento em que esta é negada, adota-se um comportamento desrespeitoso e preconceituoso frente ao outro. São discriminações sexistas, de idade e tempo de serviço, de etnia e raça, de formação acadêmica e até mesmo em razão da competência e comprometimento no trabalho.

As relações assimétricas em função do abuso de poder, perseguições, humilhações e discriminações por parte dos gestores, cujos atos e assédio, muitas vezes são reproduzidos pelos colegas, causam extremo sofrimento nas pessoas assediadas, favorecendo o surgimento de enfermidade, a depressão, ansiedade e síndrome do pânico são as mais comuns.

O adoecer psíquico tende a repercutir no convívio social e doméstico, o que torna os amigos e familiares vítimas potenciais dessa forma de violência, provocando desajustes, perdas financeiras e até desestruturação dos relacionamentos.

Algumas atitudes são necessárias para recuperar a dignidade, identidade, respeito no trabalho e auto-estima. Aí vão algumas dicas:

  1. Resista: não se deixe abater, converse com os amigos na empresa e, sobretudo com a família quanto a acontecimentos e tipos de relacionamento das chefias;
  2. Fortaleça laços: o companheirismo, a boa amizade, a sinceridade entre amigos, as relações afetivas que permitam haver confiança para falar o que sente;
  3. Solidariedade: ser solidário é fundamental. Ter a capacidade de sentir que uma injustiça cometida contra o colega o afeta de alguma forma.
  4. Visibilidade Social – Denuncie: o isolamento e o silêncio são muito ruins para você e para o conjunto dos colegas na empresa. Se perceber que está diante de uma situação de assédio moral, denuncie, reclame. Coloque a “boca no mundo” para evitar que a sua saúde física e mental sejam prejudicadas.
Anúncios

2 respostas para “ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO

  1. Alex disse:

    Muito bom artigo. Tente evitar qualquer forma de assédio em qualquer campo e no trabalho. Se você quiser ler outro artigo sobre esse assunto eu recomendo o seguinte link: http://euquerotrabalho.com/assedio-moral-no-trabalho.html
    Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: