Variedades Femininas

Aqui se fala do universo feminino

Sobre livros e filmes

em 3 de setembro de 2011

Ando pensando muito sobre como me aborrecem as adaptações de livros para o cinema. Há tantos livros com os quais me deliciei em seus inúmeros detalhes, que acabaram resultando em histórias dilaceradas pela velocidade dos filmes.  É claro que concordo que não existe a possibilidade de transplantar todo o universo que criamos ao ler um livro para as telas do cinema, todavia, a necessidade de criar tensão ou “climão” para os espectadores, muitas vezes, se transforma em uma fuga do bom senso.

Dos filmes baseados em livros mais recentes está a saga “Crepúsculo”, esperada ansiosamente pelas adolescentes do mundo inteiro. Os filmes são um exemplo dos cortes e acréscimos nada coerentes com a história do livro: é um caso clássico do desejo por fazer dinheiro, em detrimento da lealdade ao livro.

No primeiro filme, por exemplo, são acrescentadas cenas que deturpam completamente o sentido do livro. Como poderia o jovem vampiro (neurótico total) Edward permitir que Bella andasse por aí sozinha com vampiros a solta responsáveis por assassinatos na pequena cidade de Forks? Quem já leu os livros, sabe o quanto Edward tem um gênio difícil, às vezes chega a ser muito irritante de tão mandão, a chatice é acrescida pela sua tendência a atitudes teatrais – como no final de lua nova e a sua cena de tentativa de suicídio na Itália -, ele levaria Bella à loucura se o roteiro do filme fosse acrescido da história original do livro. Deixaríamos de curtir um romance de mulherzinha açucarado e delicioso – porque mesmo chato Edward é lindão e cheiroso-, para resultar numa tragédia de amor falido.

Outra mudança despropositada é o passeio nada cauteloso dos dois pombinhos na campina, no livro Crepúsculo, esse é o trecho derradeiro do livro: Edward precisar descobrir se é forte o bastante para suportar o tormento de sua sede, ou seja, matar ou não Bella. Esse primeiro encontro deles é organizado com muita cautela e não num arroubo de chilique de uma Bella insolente e um Edward careteiro.

Mas nem sempre de assassinato aos livros vive o cinema: existem roteiros que, apesar dos cortes absurdos, conseguem criar um sentido que mantém fidelidade às histórias que tanto amamos, é o caso de “Razão e Sensibilidade”, cujo roteiro foi elaborado pela atriz Emma Thompson e dirigido por Ang Lee.

O livro é tão delicioso de ler, uma ótima fórmula de romance-mulherzinha com comédia, incluindo todas as frivolidades do século XVIII. Jane Austen encoraja o nosso melhor, nos diz que existe a possibilidade de mudança e felicidade mesmo nas adversidades, no livro Razão e Sensibilidade, Mariane cresce às nossas vistas, deixa de ser uma menina egoísta e mimada, para uma mulher amorosa e determinada, supera as desilusões amorosas e encontra um amor terno e quente.

Não posso negar que muitos cortes foram feitos, que nos privaram, por exemplo, de conhecer a esposa e as desagradáveis crianças de Sir John Middleton, assim como do desabafo de arrependimento atrasado do John Willoughby. Todavia, apesar dos disparates, as mudanças não nos causam sofrimento e é possível apreciar a beleza do filme.

Um dos filmes cuja adaptação me trouxe felicidade ao assistir foi “Como água para chocolate”: tanto o livro quanto o filme são deliciosos e posso afirmar que as mudanças em relação à história original quase não são sentidas – tanto que terminamos o filme quase com uma sensação de “eu faria assim”.

O filme exala o aroma da cozinha e dos pratos exóticos cheios de sentimento, as vezes até afrodisíacos –  de Tita, a personagem principal do livro de Laura Esquivel. O legal mesmo é assistir o filme com as receitas do livro na mão e depois ir para a cozinha complementar o dia curtindo as comidinhas de “Como água para chocolate”; uma dica: as codornas com pétalas de rosa são bem calientes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: