Variedades Femininas

Aqui se fala do universo feminino

Onde você guarda o seu preconceito?

em 2 de janeiro de 2013

Imagem tirada daqui: http://redesaudedapopulacaonegra.org/

Resolvi começar esse ano com  a gota serena, relatando um episódio que ocorreu na minha vida em 2012, e trazendo para que nós pudéssemos problematizar um pouco.

Em 2012, vivi um episódio de preconceito racial, e foi algo que me deixou tão triste e perplexa, que demorei um tempo para conseguir lidar, racionalizar, viver, entender… Fui com meu companheiro para o aniversário de uma colega dele, que em meio a uma conversa, afirmou que ele se parecia muito com seu ex-cunhado, que era louro e de olhos azuis, todavia, tinha um porém, a mãe dele, apesar de ter a minha cor, tinha tido um filho branco, mas ela não sabia como, já que a mulher tinha um “pezinho”…

Esse “pezinho”, apesar dela não ter terminado a frase, é um pezinho na senzala. E a minha pergunta para vocês é: quem nunca ouviu essa frase na vida? E mais ainda, quem nunca sofreu ou ouviu falar de alguém que tivesse sofrido preconceito?

Preconceito racial é uma das coisas que mais me enojam no mundo. Sou feminista porque acredito na igualdade, que todos os serem devem ser tratados iguais, sendo assim, uma das minhas lutas é contra o preconceito. E quantas vezes debatemos esse assunto aqui? Quantas discussões já tivemos?

Algumas pessoas podem alegar, que a moça não teve a intenção. Não sei se essa intenção existiu ou não, mas preconceito racial é crime, não interessa se a “coitada” é uma alienada idiota… interessa que perpetuar esse comportamento, só mantém as desigualdades. Por isso, minha posição  é de trazer os assuntos para discussão, pois acredito que nos calar diante de algumas situações, é só manter o status de úteis e dóceis. E eu sou gente, não coisa!

Ideias que sustentam a superioridade de algum povo, só resultou em eugenia, nazismo, escravidão, morte de milhões de pessoas… no caso específico da escravidão, quantas vidas foram tiradas, subjugadas, humilhadas, para que a manutenção das diferenças sociais fossem cada vez mais fortalecidas? É por acaso que a maioria pobre e miserável seja negra?

A minha luta é diária, e não me interessa que argumentem que não sou negra pois meu cabelo é liso, que minha tez é moura ou que a cultura árabe está impregnada em mim. SOU NEGRA, SOU BRANCA, SOU GENTE! Para quem ainda não sabe: SOMOS TODOS GENTE! E como gente, lutarei sempre contra a opressão, seja do capitalismo, do machismo, da imbecilidade opressora ou da moral que escraviza mulheres e homens. Para mim, não somos negros, brancos, amarelos… somos gente, e como gente, merecemos respeito.

Por isso, preconceituosos nojentos, a minha luta é pela igualdade e respeito. Continuarei em luta enquanto mulheres forem violentadas, homossexuais não tiverem o direito de se expressar e pessoas sejam percebidas como coisas com cores distintas. Somos só pessoas, mais nada! E é com tudo isso que começo o nosso 2013, desejando um mundo em que todos sejamos gente, só isso!

Anúncios

2 respostas para “Onde você guarda o seu preconceito?

  1. Jorge Mendonça disse:

    MUITO BOM. SÃO PESSOAS COMO VC E NÓS, QUE PROMOVEREMOS MUDANÇAS
    E TEREMOS UMA: NOVA SOCIEDADE.

  2. Obrigada, querido! Gratidão eterna!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: