Variedades Femininas

Aqui se fala do universo feminino

FOLHA X FALHA: A morte da liberdade de expressão

em 20 de fevereiro de 2013

Hoje acordei receosa com os rumos que o nosso país tem seguido, no meu entendimento, o julgamento da Folha de São Paulo X Falha de São Paulo era um dos indícios desse momento direitoso que estamos vivendo, com pessoas dizendo que na época da ditadura tínhamos mais segurança e outras chamando a época de “ditabranda”. Infelizmente, é um período de crescimento de movimentos de direita, tem jovens pedindo a volta do Arena, “poderosos” integrando o Instituto Milennium e uma imprensa metida a golpista (só metida?).

O julgamento contra a liberdade de expressão veio em um momento chave, de Yoanís de mãos dadas com Bolsonaros, Malafaias “curando gays” e imprensa criticando diminuição da conta de luz, crucificando mensalão do PT e escondendo mensalão do PSDB.

Então, levantei e fui assistir ao julgamento, que apesar de tudo que escrevi acima, ainda me restava alguma esperança, mas o que vi foi um show de horror! A advogada da Folha dizia que se tratava de um caso de uso indevido da marca (então, né?), que os leitores poderiam ser confundidos, poderiam achar que a Falha era a Folha (Ok, somos todos burros mesmo!!). A grande cereja do bolo foi a insinuação de que a Falha tinha ligações com a revista Carta Capital, pois existia um link no site… (Sim, somos muito burros!!)

Imagem tirada daqui: http://www.jagostinho.com.br

O defesa dos réus não se intimidou e  continuaram firme, fortes, afirmando que não se tratava de um caso de uso indevido da marca, mas de CENSURA. O desembargador, que deve ser um grande gênio (acordei gentil), ignorou o argumento da defesa e afirmou que os réus estavam equivocados, o caso não era um atentado a liberdade de expressão, e sim uma questão de propriedade privada, uso indevido da marca. (capitalismo, liberalismo, propriedade privada…)

Sim, somos bobos, não sabemos a diferença! Imagem tirada daqui: http://fernandonogueiracosta.files.wordpress.com

Ok, ok… Acho que tem muita gente pensando que somos imbecis! Desde quando fazer paródia é plagiar uma marca? O objetivo da Falha de São Paulo era fazer comédia, uma paródia e ainda mostrar que de apartidária a Folha não tem nada. Percebam, a Folha sentiu o seu discurso atacado, e usou argumentos fajutos para tirar o site do ar, usou a força bruta e a diferença entre uma empresa grande e pessoas físicas para fazer valer a sua vontade. O mais curioso é que quando a MTV (aquela emissora de TV) fez uma paródia semelhante no programa comédia, usando a mesma logomarca da Falha de São Paulo, não foi processada.

Imagem tirada daqui: http://3.bp.blogspot.com

Para tudo! Como assim? Dois pesos e duas medidas? Ahhh Mas não vamos perceber isso também, como não percebemos a diferença entre um jornal porqueira que é a Folha e uma paródia deliciosa que é a Falha. A Falha é aquilo que desejamos, um suspiro no meio dessa nojeira que estamos vivendo.

Para saber mais sobre o caso:

A Falha de São Paulo foi um blog criado pelos irmãos Mário e Lino Bocchini, era uma paródia do jornal Folha de São Paulo. Por meio de uma liminar, o jornal suspendeu o domínio e conteúdo do Blog em setembro de 2010, caso o site não saísse do ar, seria aplicado uma multa diária de mil reais. Fora a liminar, a Folha de São Paulo abriu um processo contra a Falha, pedindo uma indenização por danos morais e alegando uso indevido da marca. Agora o detalhe mais básico: o termo “Falha de São Paulo” não foi criado pelos irmãos, o cantor Caetano Veloso, por exemplo, já o usa há alguns anos.  Vai processar Caetano, Folha?

Acesse o site “Desculpe a Nossa Falha” e conheça maiores detalhes sobre o caso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: