Variedades Femininas

Aqui se fala do universo feminino

Eu tenho endometriose e você? Parte 1

em 23 de agosto de 2013

Já tratei esse assuntos outros vezes aqui no blog, mas gostaria de dividir as normas informações que obtive sobre o assunto, além de contar a minha experiência com a doença. Tenho cólicas menstruais incapacitantes desde adolescente, ainda nesta época esses remédios comuns pra cólica já não funcionavam e eu me entupia de anti-inflamatórios para conseguir sobreviver. Quando fiquei adulta esse quadro foi piorando, as dores que sentia só antes da menstruação passaram a ser antes, durante e depois, chegando a tomar 24 horas do meu dia, com episódios hemorrágicos e algumas internações no hospital.

Todos os médicos e médicas que consultei até então, não me deram diagnóstico de endometriose, tratavam como cólica normal e alguns diziam que não tinha explicação, era algo fisiológico meu. Em 2009 um médico falou que eu deveria ter endometriose, e me propôs uma videolaparoscopia diagnóstica, mas recusei, pois o esquema seria abrir e ver o que tem dentro, achei isso absurdo. Em junho de 2011, por uma indicação de uma conhecida, fui me consultar com uma médica em Londrina no Paraná chamada Christian Day, que me pediu uma ultrassonografia com rastreamento de endometriose, e só aí, que tive um diagnóstico definitivo, mas o prognóstico foi difícil, pois eu deveria fazer uma cirurgia que retiraria parte do meu intestino. Como teria que pagar parte da cirurgia particular e também não tinha uma pessoa confiável para cuidar de mim depois da cirurgia, achei melhor esperar.

Me mudei para São Paulo no final de dezembro de 2011, vim fazer mestrado na UFABC, e no dia 16 de dezembro, comecei a me perceber doente, fiquei tão mal que não conseguia mais comer, fui parar no hospital super fraca e sem ter um diagnóstico convincente, passei por vários médicos e nada de descobrirem o que eu tinha, perdi 7 kg em 5 dias, e nesse meio tempo percebi que o anticoncepcional que tomava para suspender a menstruação tinha parado de funcionar, estava menstruando, loucamente.

E esse foi o estalo que tive, minha suposta doença misteriosa era algo bem conhecido. Procurei uma ginecologista e começamos um tratamento pra endometriose, que era, basicamente, entrar em uma menopausa forçada e tomar medicamentos quimioterápicos, mas, infelizmente, não funcionou, eu vivia fraca e com hemorragias grandes, intermináveis! Foi um período difícil! Como a resposta da médica para a hemorragia era que devia estar “limpando” meu organismo, procurei outros ginecologistas, até chegar no que é considerado o maior especialista em endometriose do país, Dr. Edvaldo Cavalcante, em junho de 2012. Esse não tenho o menor problema em chamar de doutor, pois tem doutorado também rss.

E a partir daí, minha vida começou a melhorar, sua primeira atitude foi me mandar suspender aquele bando de anti-inflamatórios que os médicos insistiam em me passar, que detonaram o meu estômago e não passavam a dor e mudou, totalmente, os remédios que eu tomava. Ele começou a consulta fazendo um mapeamento da dor, depois fez um rastreamento por meio de exames clínicos, radiológicos, laboratoriais… Descobri que sofria de dor crônica, que não era normal sentir dor todos os dias. E para controlá-la passei a tomar analgésicos a base de ópio e minha vida melhorou muito. Ele também suspeitou, pela forma como eu descrevia a minha dor, que tinha ocorrido um comprometimento dos meus nervos ou terminações nervosas e para isso me passou uma medicação anticonvulsivante, minha vida melhorou tanto depois disso, foi um salto gigantesco! Mas não era só isso, finalmente, alguém tinha conhecimento técnico suficiente para lidar com a doença e também era humano, entendia o meu sofrimento.

Se você se identificou com o meu relato até aqui, confira alguns dos sintomas da endometriose:

* Dismenorreia – cólica menstrual que, com a evolução da doença, aumenta de intensidade e pode incapacitar as mulheres de exercerem suas atividades habituais;

* Dispareunia – dor durante as relações sexuais;

* Dor e sangramento intestinais e urinários durante a menstruação;

* Infertilidade

Mas o que você mais deve ficar atenta ou atento, é a mudanças no seu ciclo menstrual. Se agora sente mais dor, por mais dias, se sangra mais… Se perceber essas mudanças, procure, urgentemente, um médico.

Procure informações sobre o assunto também, eu sugiro o grupo de apoio que faço parte, o GAPENDI – Grupo de apoio a portadoras de endometriose e infertilidade, lá você encontrará todo o apoio e informações que precisar. Se precisar de um médico maravilhoso e que vai te virar do avesso até descobrir o que você tem, indico o Dr. Edvaldo Cavalcante, seu consultório é em São Paulo, mas atende pessoas de todo o país.

No próxima postagem sobre endometriose, falarei sobre os exames específicos para diagnóstico da doença e um pouco mais da minha história.

Anúncios

12 respostas para “Eu tenho endometriose e você? Parte 1

  1. […] No post anterior relatei sobre a minha descoberta da doença e início do tratamento, hoje irei contar um pouco mais da minha história e falar dos exames específicos que precisamos fazer para diagnosticá-la. […]

  2. Márcia disse:

    eu conheci o Dr. Edvaldo Cavalcante, pois também sofro com fortes dores, ele me pediu alguns exames , fico muito feliz de estar em boas mão, pois já faz alguns anos que tenho procurado ajuda sem sucesso. muito obrigada por compartilhar seu problema. um abraço.

    • Oi Márcia, obrigada! Você conhece o Gapendi? Os exames que você vai fazer são particulares? Pois conseguimos descontos. É uma tristeza, temos planos de saúde, mas mesmo assim temos que pagar uma fortuna em exames. Vou continuar escrevendo sobre. Um beijo!

  3. Ele é mágico, um grande amigo que tenho. Deus o abençoe.

  4. raquel Frederico disse:

    Clara, acabei de conhecer Dr.Edvaldo, gostei muito dele e do atendimento. Tenho endometriose, operei há 11 meses atras e voltou tudo e pior, até no intestino. Por isso pergunto se alguem já operou com ele e como foi? precisaram de Proctologista junto na cirurgia?
    Agradeço a resposta desde ja
    Raquel

  5. Jaqueline Araripe disse:

    Olá meninas eu sofro de endometriose profunda e esta acometendo meu nervo ciático, descobri em junho/14 quando me indicaram o Dr. Nucélio Lemos, gostaria de saber se alguma de vocês conhecem algum que já operou com ele, queria saber algumas coisas.
    Outra coisa, estou brigando na justiça para que arquem com o custo da minha cirurgia, mas pelo o que eu andei lendo o Dr. Edvaldo Cavalcante atende pelo meu plano, só não faz a cirurgia pelo plano, caso eu não consigo operar com o Dr. Nucélio estou vendo aqui nos comentários que posso procurar o Dr. Edvaldo de olhos fechados ???
    Obrigada pela ajuda, minha vida clareou depois que entrei no GAPENDI, não sei nem como agradecer a todas vocês.
    Beijos

  6. Rita Barbosa disse:

    Boa tarde, gostaria do telefone do Dr Edvaldo, obrigada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: