Variedades Femininas

Aqui se fala do universo feminino

Parceria entre mulheres: avisem a atual que o ex é um agressor.

em 2 de março de 2016

 

 

abra25c325a7o2bcoletivo2bno2btanque2balerta2bpara2ba2bpreven25c325a725c325a3o2bda2bsa25c325bade2bda2bmulher2b-2bimprensa2b252812529

Imagem tirada daqui: http://lagesnoticias.blogspot.com.br/2015/10/outubro-rosa-abraco-coletivo-no-tanque.html

Tem um tempo que comecei a refletir sobre o assunto, foi graças a uma postagem da minha amiga Geo. Nós mulheres somos criadas para sermos rivais, ouvimos muito que mulheres não são amigas de verdade ou que não somos confiáveis. Pois é, fiquem sabendo que apesar desses absurdos que nos dizem, nós somos gente. Isso significa que somos de todos os tipos, logo, SIM, MULHERES SÃO CONFIÁVEIS E AMIGAS! Esse discurso é só uma estratégia do patriarcado para nos manter aprisionadas, pois se nós nos unirmos, ganharemos essa luta contra a opressão facilmente. Como assim existe uma categoria de ser humano que não é confiável? Você, miga, é confiável? Porque eu sou e muito confiável. Além disso, sou muito amiga, quem é meu amigo ou amiga sabe disso muito bem disso.

Seguindo os esclarecimentos iniciais, vamos lá! Você namorou um cara nojento, crápula, machista de merda, cabra safado, como você gostar de chamar. Esse cidadão cometeu violência doméstica com você (isso inclui te bater, humilhar, fazer gaslighting e/ou afins – lembrando que a violência psicológica DEVE ser levada em consideração). Aí o cara começa a namorar outra, você sabe que o triste é um predador, então o que você vai fazer? Ficar em silêncio? Ok, tem gente que não consegue lidar e isso é super válido, pois cada pessoa tem o seu tempo. Mas, digamos, que você tenha condições de lidar com a situação, que você fará?

Minha proposta é que você seja solidária com outra mulher, atue como parceira e avise. Não espere que a moça tenha a mesma leitura de mundo que você, não espere que receba isso com amorosidade, mas saiba que cada um tem o seu tempo e fique feliz em saber que no dia que o agressor entrar em ação, ela vai lembrar de suas palavras.

Se você tiver condições e não falar por medo que alguém te enquadre nos xingamentos machistas (despeitada, mal amada…), vai acabar sem querer, apoiando o agressor. Então, pense na sua motivação, lembre que ela é boa, que você deseja que outra mulher seja absurdamente feliz e que não passe pelo que você passou. Quando for escrever, acho legal que você respire fundo e escreva com toda a amorosidade que existe dentro do seu ser. Deseje que a moça seja feliz! Sabe, nessa sociedade machista que tanto nos oprime, se não tivermos umas as outras para nos protegermos, em quem vamos nos apoiar? Apoie outra mulher, seja a sua parceira!

 

Ah, e outra coisa. Vê a lógica e tal: quando vamos a um local novo costumamos perguntar para quem já foi lá se é perigoso. Com namorado não poderia ser a mesma coisa? Que custa avisar a mulher atual que o cara é 100% roubada? Alerta geral: se teu atual pinta as mulheres que passaram na vida dele de loucas, diz que é uma vítima mor da humanidade, que todas as mulheres lascaram com ele, mas que era um santo. Se ligue que é roubada! Cilada total, Bino!

Esse texto foi escrito para mulher (cis e hétero) que já consegue lidar com a violência que sofreu, mas se você não consegue lidar, tenha amorosidade consigo mesma, não se cobre, pois cada pessoa tem o seu momento e faz parte da vida lidar com os sofrimentos, passar por eles para se reconstruir. É como se vivêssemos várias vidas em uma só, são muitas mortes e nascimentos. Só lembre-se que tudo passa. E sério, tudo passa mesmo. Tente lembrar de um momento que você achou que nunca ia conseguir sair dele, que seria pra sempre e olhe pra seu momento atual. Tudo mudou, não foi? As coisas mudam o tempo todo, faz parte da vida essa mudança.

Com a chegada do dia internacional da mulher e todo meu trabalho na militância por um mundo igualitário para que todos os seres possam ser tratados como gente – com muito amor e respeito envolvido nesse processo-, não podia deixar de escrever um texto sobre algo que considero importante refletir. ❤

Se você não é mulher cis e hétero, e achar que a mesma lógica pode ser aplicada, “é noix”!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: